Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a thousand books

Sex | 19.04.19

Sala de Corte

Festejar faz bem à alma. Está comprovado cientificamente. Por mim, e eu não vos minto. E como só fazemos 23 anos uma vez na vida, levei as pessoas da minha vida a almoçar comigo. O anfitrião foi a Sala de Corte, na Praça D. Luís I, 7, no Cais do Sodré. Não estava bom. Estava muito bom. Já estamos em contagem decrescente para um regresso.

salacorte5.JPG

salacorte3.JPG

salacorte4.JPG

Começámos com a cortesia do chefe. Um pão brioche recheado com chouriço de porco preto. Uma combinação perfeita. Seguiram-se os croquetes de novilho com mostarda Dijon, esta demasiado forte para mim, e eles uns croquetes normais. Outra surpresa se seguia com um folhado de queijo de cabra, pêra grelhada e nozes pecan caramelizadas. Aqui então, fiquei completamente rendida. A combinação estava soberba.

salacorte6.JPG

salacorte1.JPG

Ainda estávamos só nas entradas e eu já estava a pensar quando é que ia lá voltar. Seguiu-se um Corte da Vazia e um Corte de Entrecôte. O sabor era autêntico e divinal. A textura era o mais macio que possam imaginar. Acompanhámos com batata frita e Brás de cogumelos e espargos verdes. Tivemos a certeza que não poderíamos ter feitos outra escolha.

salacorte2.JPG

E se acham que já não havia espaço para uma sobremesa, estão enganados. Pedimos um Falso Crumble de Caramelo, Chocolate e Amendoim com gelado de baunilha. Não fiquei totalmente fã. Mas estava muito bom. Aliás, há toda uma carta para explorar.

beijinhos **