Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a thousand books

Qui | 14.06.18

A completar frases, vocês conhecem mais sobre mim.

Já há muito que não vos trazia uma tag. Já tinha saudades. E como há sempre alguém que me lê os pensamentos, eis que surgiu uma nomeação, por parte da Maria. E isto é o melhor da blogosfera. Não nos falamos diariamente, mas ela já sabe de que tag’s é que eu gosto. E esta é uma delas. Permite-vos conhecer mais um bocadinho de mim.

A6113CA5-ECF3-4EA3-9BE7-F53306814884.jpg

Sou muito organizada. Por vezes, chego a perder-me no meio de tanta coisa organizada. É por cores, tamanhos, ou finalidades. Irra.

 

Não suporto pessoas tóxicas. Quero-as longe de mim. E, de preferência com um bilhete só de ida para o espaço.

 

Eu nunca comi caracóis. E não quero. Obrigada, mas cenas viscosas não são a minha praia.

 

Eu já dei um pum em público. Quem nunca, não é verdade? (Lamento, mas foi a única coisa de que me lembrei.)

 

Quando era criança montava a casa das barbies, e a autocaravana no chão da sala, e ficava assim, durante todo o verão. As visitas que se deslocassem recorrendo ao teletransporte.

 

Nesse exato momento estou a escrever este post. E a ver uma novela qualquer que está a dar.

 

Eu morro de medo de perder as minhas pessoas.

 

Eu sempre gostei de gomas. Não esperavam outra resposta, pois não?

 

Se eu pudesse acabava com a fome no mundo. E com a pobreza.

 

Fico feliz quando consigo fazer muito, com pouco. Quando consigo dizer parvoíces, e arrancar uma gargalhada de alguém que não está nos melhores dias.

 

Se pudesse voltar no tempo, conhecia os meus avós paternos.

 

Adoro viver tudo com a intensidade certa. Comer em bons sítios. Conhecer lugares maravilhosos. Ler enrolada numa manta, com uma caneca de chá. Ou olhar para o pôr do sol. E ver as estrelas, numa noite quente de verão.

 

Quero muito conhecer o mundo todo. Viver eternamente. E completar a minha lista de sonhos.

 

Eu preciso de café, todos os dias. Não julguei que fosse um vício demasiado viciante. Perceberam?

 

Não gosto de muita coisa. Seria mais fácil perguntarem aquilo que de gosto. Mas não gosto de sushi.

 

Vamos às nomeações, que já se faz tarde: Marta, Débora, Bruxa Mimi, e todos os que quiserem surripiar esta tag!

beijinhos **

Não se esqueçam que estamos no instagramfacebook e bloglovin'.